Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor



Ribatejo

por Diana V., Terça-feira, 20.05.14

Disseste…

Que as pedras da Praça 5 de Outubro eram corpo celeste

Que brilhava mais quando respirávamos sorrisos

E caminhávamos de almas levantadas pelos ventos da noite

Arrojados pelas ruas de sentidos que nos espreitavam em cada esquina

Ali … onde havia dias feitos de letras tecidos por uma Penélope expectante

Desfeitos nos murmúrios da noite na esperança de um regresso

(Um novo livro, talvez…?)

Chegava equilibrada na linha de ferro que nos unia nas distâncias

Vinha com a elegância da capital espalhada pelo corpo

Ali … largava a um canto reminiscências de uma outra vida

Despida pelos sons que me percorriam a medula

(Já não era outra, era eu…)

Embriagada pelos risos fluidos numa pista de dança

Onde partilhávamos garrafas de alegria e palavras ao ouvido

Tu disseste…

Que os regressos se teciam na memória de quem não esquece

Que outras noites desceriam continuamente o Almonda

E girariam como o destino na tarambola à margem da pedra

Onde pousámos os copos vazios

horas antes erguidos

Às memórias dos sonhos por vir

Amanhecíamos nas ausências prolongadas que preenchemos 

Com alguns minutos de olhares em silêncio

E fotografias guardadas no disco rígido das máquinas

Interrompíamos a ordem com gargalhadas

Que fariam desta ... todas as outras madrugadas!

 

DV

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diana V. às 03:02

9 comentários

De Closet a 20.05.2014 às 09:02

Delicioso este texto, delicioso! Li 3x esta frase, e ficou-me na cabeça... Tão bonita, tão verdade.
\"... os regressos se teciam na memória de quem não esquece\"
Beijinho

De Diana V. a 20.05.2014 às 11:07

Obrigada querida Closet!!!
O melhor do mundo são as pessoas, são elas que fazem os lugares e as memórias...




P.S. E que saudades tenho dos blogs. Fugiu tudo para o FB...

De cumplicedotempo a 20.05.2014 às 22:45

Deus vive num telhado em Paris, mas podia perfeitamente viver no Ribatejo depois do que li

é sempre com imenso prazer que me delicio com a tua escrita

beijo cúmplice

ps: também tenho imensas saudades dos blogs ;)

De Diana V. a 21.05.2014 às 00:58

Obrigada meu querido amigo. Tens razão ... Deus também vive no Ribatejo, gostei!

Beijo enorme!

P.S. Vamos todos regressar aos blogs?

De Closet a 21.05.2014 às 09:34

Vamos Diana!! Vamos todos regressar aos blogs, sem reticências! Talvez encontre lá perdido numa gaveta um pedaço esquecido de mim :)
Beijinhos

De Diana V. a 25.05.2014 às 15:38

Já chegou a Primavera... Tiramos as palavras das gavetas para as pôr ao sol?

:)

De ónix a 08.06.2014 às 19:57

Lindo, maravilhoso, profundo e não sei que dizer mais.
Escreves bem, já to disse umas quantas vezes.
Grande beijinho

De Diana V. a 09.06.2014 às 16:02

Vocês são as minhas musas...

Beijo enorme e já com muitas saudades...

Di

De Ametista a 20.06.2014 às 23:14

Ler-te... já sabes... é um arrepio na pele, é um doce bater do coração, é sublimar a alma... a tua, minha querida quimera :)
Magnífico... se não editares um livro, o mundo vai ficar a perder :(
Dá a conhecer a tua escrita... em papel... para que possam tocar as tuas páginas, cheirar as tuas letras, entrar nos teus cenários... e mais, muito mais...
Adoro-te, amiga de minh'alma

Comentar post



calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Comentários recentes

  • Diana V.

    A avaliar pelo tempo que demoro a aprovar comentár...

  • Ametista

    Borboletas na barriga...?!Já não consigo encontrar...

  • Diana V.

    Nem sabes como o teu comentário me fez bem à alma ...

  • Diana V.

    Ah amiga da minh'alma, não sei escrever para o mun...

  • DyDa/Flordeliz

    Amor numa despedida sem lamechice.Ena... como se l...