Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor



O Medo

por Diana V., Quarta-feira, 27.02.13

Sepultei na alma a semente

Germinaram rosas nos lábios

E o medo, espinho pungente

Dilacerou a garganta entupida

Da palavra a língua dormente

Como pétala de rosa caída

Mordia-lhe o espinho como um dente

A meio da boca florida

Trinca, corta, retalha

Os lábios luxuriantes

Cala os poetas com a mortalha

Onde te definharam as amantes

Os teus lábios ruas sem cores

Jardins de sombras fugidias

Invernais sepulcros sem flores

Ornamentados com jarras vazias

Boca na terra deserta esventrada

Por mãos roxas e dolentes

Dessa tua angústia estripada

Só nascem espinhos e dentes!

 

Diana V.

2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Diana V. às 15:55

2 comentários

De Ametista a 16.03.2013 às 21:39

Ao ler-te fico assim, meio estupidificada. Engulo em seco e deixo-me ficar.. em silêncio..
Um beijinho enorme, amiga

De Diana V. a 21.03.2013 às 16:27

Há palavras que deixam sombras silenciosas...

Um beijo dourado no fim do arco-íris :)

Comentar post



calendário

Fevereiro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728


Comentários recentes

  • Diana V.

    A avaliar pelo tempo que demoro a aprovar comentár...

  • Ametista

    Borboletas na barriga...?!Já não consigo encontrar...

  • Diana V.

    Nem sabes como o teu comentário me fez bem à alma ...

  • Diana V.

    Ah amiga da minh'alma, não sei escrever para o mun...

  • DyDa/Flordeliz

    Amor numa despedida sem lamechice.Ena... como se l...